Sartorello assume o comando da Arpub

04/04/2011 20:00:31

arpub_noticias_gAmpliar as parcerias e aumentar o volume de conteúdos compartilhados entre as rádios públicas de todo o país são as principais metas de Mário Sartorello, coordenador da Educadora FM 107.5, que acaba de tomar posse como presidente da Associação das Rádios Públicas do Brasil (Arpub).

Com a posse de Sartorello, que ocupava a vice-presidência da entidade desde 2009, o Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb), órgão da Secretaria de Cultura do Estado (Secult), reforça seu protagonismo no ambiente nacional da comunicação pública, uma vez que Pola Ribeiro, diretor-geral do Irdeb, é o atual presidente da Associação Brasileira da Emissoras Públicas, Educativas e Culturais (Abepec), que representa o campo da TV pública.

Participam atualmente da Arpub 54 rádios de todo o país, entre emissoras universitárias, culturais e das três esferas governamentais (federal, estadual e municipal). “O grande desafio é estabelecer um sistema de rede para gerar conteúdos via satélite ao vivo, como o projeto do radio-jornal que já estamos discutindo, e também ampliar as coberturas nacionais conjuntas de eventos relevantes”, destaca Sartorello, anunciando o desejo de ampliar o Festival de Música das Rádios Públicas do Brasil, que é baseado em projeto similar da Educadora FM e em 2011 terá sua terceira edição.

O radialista planeja ainda a realização do I Encontro de Programação Musical do segmento, que tem por objetivo capacitar e qualificar os profissionais que definem e formatam as faixas de programação. “Além de promover diretamente a criação de conteúdos, capacitar também deve ser o papel do Arpub; o I Encontro consistirá em três dias de imersão”, afirma o novo presidente.

“As emissoras públicas representam muito em termos de credibilidade porque estão mais próximas do fomento às manifestações culturais e abrem suas programações não só para a música, mas a cultura de um modo geral.”, defende Sartorello. “Infelizmente as comerciais abandonaram esse papel.”
Outro projeto importante que será discutido com o Ministério da Cultura, segundo o dirigente, é a continuidade do Prêmio Roquette Pinto, patrocinado pela Petrobras com apoio do Minc, que viabilizou a produção de 228 horas conteúdos radiofônicos experimentais, a exemplo de documentários, novelas, programas infantis e de rádio-arte.

A nova diretoria da Arpub conta com representantes de todas as regiões brasileiras. Músico, produtor e locutor, Mário Sartorello tem 44 anos, nasceu em São Paulo e atua no segmento radiofônico desde 1992.