Jazz na Madrugada

20/03/2013 21:11:02

Um dos projetos mais festejados e presentes na agenda cultural de Salvador vai chegar ao público de todo o mundo através de uma parceria com o instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia.

A JAM no MAM estréia, no próximo dia 29 de março, o JAZZ na MADRUGADA, programa que levará às telas da TV Educativa, à 107.5 – Educadora FM e ao Portal  as improvisações e encontros musicais sempre inusitados que acontecem todos os sábados na área externa do Museu de Arte Moderna da Bahia.

O programa, inédito na televisão brasileira, tem direção de Sofia Federico e Marcos Povoas e irá ao ar na TVE e no portal às sextas-feiras, a partir de meia-noite, com reapresentação aos sábados, no mesmo horário.  Já na Rádio Educadora, será veiculada uma versão compacta das apresentações, com uma hora de duração, também nas sextas e sábados, à meia-noite.

O horário de transmissão do programa na TV e rádio foi decidido a partir da origem do termo JAM, que vem do inglês jazz aftermidnight (jazz depois da meia-noite). Assim, toda semana, nesse horário, o público poderá conferir o desfile de talentos que se tornou a marca deste evento de 13 anos de sucesso, que acaba de atingir a marca de 370 mil pessoas presentes em suas sessões musicais no MAM-Bahia. E a ideia é fazer o JAZZ na MADRUGADA levar para a TV, a internet e o rádio o clima de improvisação e informalidade que marca a JAM no MAM.

“A grande lacuna que a programação de televisão no Brasil apresenta quando o assunto é musica instrumental nos levou a considerar com muita atenção e carinho a proposta da Huol Criações de levar às madrugadas da TVE a versão integral dos sábados no Solar do Unhão”, afirma o diretor de Programação e Conteúdo do IRDEB, José Araripe Jr. A ideia, portanto, é fazer, a cada semana, um programa retratando a sessão gravada na semana anterior na JAM no MAM, com várias câmeras revelando detalhes e cenas que podem, eventualmente, passar despercebidos para o público presencial.

“Jam session não é show; não tem que arrumar a sala para receber a visita, é a sala como ela é”, completa Ivan Huol, idealizador e diretor artístico da JAM no MAM. Para ele, um dos grandes trunfos do novo programa é o de levar a um público ainda maior as peculiaridades musicais que diferenciam a JAM de outras jamsessions espalhadas pelo mundo.

“Graças à forte tradição percussiva da música baiana e à riqueza de ritmos da cultural popular local, as sessões no MAM oferecem um mix de música baiana, baião, samba, frevo, salsa, blues e swing, trazidos para um universo do jazz, que tem como tônica a improvisação”, lembra, completando que a cena instrumental baiana ganha, com o JAZZ na MADRUGADA, mais um canal de diálogo e experimentações.

A JAM no MAM é um projeto baseado nas jamsessions que eram realizadas entre 1993 e 2001 no Museu de Arte Moderna da Bahia. Ele é coordenado pela Huol Criações e acontece todos os sábados a partir das 18h, na área externa no Museu de Arte Moderna da Bahia, de frente para o mar, reunindo uma média de 1.500 pessoas a cada semana.

O evento oferece sessões de música instrumental com uma Banda Base (formada pelos músicos Ivan Huol, Ivan Bastos, André Becker, André Magalhães, Rowney Scott, Gabi Guedes, Paulo Mutti, Orlando Costa, Joatan Nascimento e Bruno Aranha, todos importantes nomes da música em suas áreas). Mas, como segue à risca o estilo jamsession, permite a participação de músicos que, sem ensaio prévio, tocam conforme a regra número um do jazz: tema e improvisação.

Navegue no nosso Portal e assista a programação da TVE Bahia ao vivo. Clique aqui.